Colégio Pan Terra

É surpreendente como o tempo passa...

 

Ao longo desses anos muitas histórias aconteceram, afinal são mais de quatro décadas voltados à área da educação, sempre almejando a excelência na qualidade de ensino, aliado à dedicação, comprometimento, seriedade e transparência. Essa é a filosofia do Colégio Pan Terra, pautada também no lema “EDUCAR PARA VIDA”.

A história do Colégio Pan Terra começa no ano de 1980, numa pequena casa modesta com uma única sala de Educação Infantil, chamada Escola de Educação Infantil “Recanto da Pantera Cor-de-Rosa”.

No ano de 1996, iniciou-se o ensino fundamental, de 1ª à 4ª série e na sequência as séries de 5ª à 8ª. Graças ao empenho e dedicação da equipe, e principalmente dos pais que sempre confiaram em nosso trabalho, o Colégio passou da fase da adolescência à fase adulta.

Em 2006 o prédio II finalmente foi concluído e aprovado para o funcionamento do Ensino Médio. A princípio teríamos apenas o 1º ano, mas devido à solicitação de ex-alunos, em 2007 iniciamos também o 2º ano.

O crescimento do Colégio está ligado a nossa comunidade. Naquela época, com a criação do conjunto habitacional, nossos alunos eram praticamente nossos vizinhos. Com a melhoria no transporte, hoje atendemos comunidades de vários bairros.

Outros fatores marcantes da nossa história são os professores que no passado foram alunos e hoje lecionam no Colégio. Também temos pais que estudaram aqui e têm seus filhos matriculados.

Além de muitos alunos cursarem grandes universidades, existem aqueles que já estão no mercado de trabalho e são profissionais de várias áreas. As lembranças do passado carregamos dentro de cada um de nós: a força, o dinamismo e certamente a experiência  fincados num só objetivo

selo 1980.png

“EDUCAR PARA VIDA”

Pan Terra (4).JPG
Proposta Pedagógica

Nossa prática pedagógica, em consonância com a Base Nacional Comum Curricular, preocupa-se em desenvolver quatro aprendizagens fundamentais, que serão para cada aluno os pilares do conhecimento: aprender a conhecer, indica o interesse, a abertura para o conhecimento; aprender a fazer, mostra a coragem de executar, correr riscos, errar mesmo na busca de acertar; aprender a conviver, traz o desafio da convivência que apresenta o respeito a todos e o exercício da fraternidade como caminho do entendimento, e finalmente, aprender a ser, talvez seja o mais importante por explicitar o papel do cidadão e o objetivo de viver.

Missão

Promover um processo de educação que respeite as fases do desenvolvimento do nosso aluno, favorecendo a integração entre conhecimento e experiência, e tecendo possibilidades para uma vida mais atuante, criativa, humana e autônoma.